(41) 3053-5566 [email protected]

Estação de tratamento de esgoto produzirá metade da energia de suas próprias unidades de produção de biogás

Na Base, o estado de saneamento no estado da Bahia, ele começa a construir sua primeira usina de TRATAMENTO de esgoto no modelo, no qual o gás é para ser usado como fonte de energia

A expectativa do projeto é garantir que pelo menos metade da energia utilizada no PROJETO será produzido por este método.

O projeto foi apresentado pelo diretor da empresa, na Bahia, César Ramos, o evento Mostra Internacional de Técnicas de comunicação e de Cooperação, que é promovido pelo IICA (Instituto interamericano de Cooperação para a Agricultura), em Brasília, brasil.

Ramos chamados a proposta, que faz parte de um empréstimo de us$ 19 milhões para o instituto, e um acordo de cooperação, como é um novo modelo a ser desenvolvido para sistemas de tratamento de esgoto no país, através da integração de resíduos de tratamento de água, redução de emissões, produzir energia , e a água de re-uso.

“Não estamos fazendo isso para o tratamento de águas residuárias, com o potencial que ele merece”, disse Ramos, afirmando que o projeto tem a capacidade de alterar o funcionamento, a cultura da empresa para uma nova era.

A energia de apoio a saneamento

De acordo com Ramos, o consumo de energia é um dos mais altos custos para o sector da água, e será necessário fazer uma integração entre os dois setores, de modo que é possível desenvolver as empresas de saneamento, produzindo o que ele chamou de subsídio cruzado. Isto é, a geração de energia, que tem margens maiores, para subsidiar o saneamento dos bancos é menor.

No caso da Base, além da criação de estações, também seria possível usar os lagos e terras da empresa, a fim de aumentar a produção de energia eólica e fotovoltaica.

“A empresa de saneamento de são susceptíveis de ser auto-suficiente na produção de energia”, disse Ramos.

Re-utilização de água

O PROJETO está para ser construído está localizado na região de Camaçari, estado da BAHIA, brasil. Para além da geração de energia elétrica a partir do biogás estação vai estar fazendo um tratamento para o re-uso de água, o que também vai gerar uma economia para a empresa. Isto é porque o sistema de esgoto na região, que hoje é lançado no mar através de um emissário submarino para uma empresa privada.

Além de ter que pagar para o problema de serviço, a água poderia ser re-introduzida na bacia na região, que tem sofrido como resultado da redução na produção de água de vez em quando. Este PROJETO deve ser o de ampliar a cobertura da região, de 49% a 85%, beneficiando de 400 mil habitantes. No conjunto, a região é servida por uma Base, a cobertura dos serviços de saneamento é de cerca de 36%.

Fonte: Infra.

 

Call Now Button